Guarani 0 x 0 São Paulo – Empate bom. Futebol péssimo.

30/05/2010 at 6:46 pm (São Paulo F.C.) (, , , )

Com apresentação pífia, Tricolor valoriza empate

O jogo foi digno entrar como um dos piores do campeonato.

Num campo esburacado tanto SPFC quanto Guarani até que tentaram jogar um futebol razoável mas o bate rebate, o perde a ganha de bola foi o ponto principal dessa partida.

Nem Fernandão conseguiu salvar a apresentação técnica do time apesar de ter tentado agilizar muitas bolas que chegavam aos seus pés. Busca sempre o jogo rápido e não hesita em passar bola.

Dagoberto foi nulo. Correu errado e deu passes medonhos.

Hernanes voltou a prender um pouco demais a bola e também errou muitos passes. Precisa se auto-corrigir já parece não receber críticas do técnico.

J.Wagner tem pecado na parte técnica. Há tempos não consegue mais cobrar escanteios perigosos. Sua movimentação em campo é a função que mais se sobressai. Falta calibrar o pé.

Jean cumpriu bem seu papel de marcação pelo meio. Quando tem a bolas nos pés arrisca chutes improváveis ao gol que geralmente vai para fora.

Wellington ficou no meio termo em marcar e apoiar, mas é questão de sequência de jogos.

Jr.Cesar tem sido muito acionado e por isso precisa cumprir sua função primária que é ultrapassar e cruzar bolas para área e não parar frente ao marcador e ensaiar dribles.

M.Paraíba  tem boa movimentação mas jogou discretamente pela falta de ritmo.

Ao Fernandinho falta entrosamento geral. Fez as mesmas jogadas de sempre, pela esquerda, e o atacantes não tem se posicionado para receber o passe no meio da grande área. Se ele pode melhorar sua parte tática, os outros também podem ajudá-lo a render mais e ser produtivo com suas jogadas de linha de fundo. É mais na base da conversa o problema.

A zaga teve trabalho tempo inteiro mas conseguiu segurar o ataque rival na maioria dos embates.

Ganhar 1 ponto fora de casa, jogando mal, é sair no lucro. Agora é contra o Goiás no Serra Dourada.

Anúncios

Link permanente Deixe um comentário

Sertãozinho 2 x 2 São Paulo – Reservas são reservas…

01/02/2010 at 4:46 pm (Geral, São Paulo F.C.) (, , , )

Nem tem muito que comentar o jogo de ontem.

Foi uma apresentação bem abaixo de qualquer média. Jogando contra o lanterna do campeonato e suando até o último minuto para empatar o jogo por pouco não se tornou uma tragédia.

Me deu a impressão que cada um quer fazer a sua jogada, dar o seu drible, dar o seu chute a gol, marcar o seu gol, enfim, aparecer.

O individualismo foi visível em vários lances. Marlos se destacou no quesito.

Uma coisa que chateia demais é a falta de posicionamento e o entrosamento tático da equipe. Os jogadores apenas “se movem” em campo. Não correm para receber um passe sequer. São lentos como no ano passado. Não vemos uma progressão ofensiva em velocidade que mostra consciência de ataque.

Ver Hernanes, veterano, experiente, talentoso, correr de forma aleatória em campo, carregando a bola sem nenhuma objetividade, é lamentável. Jogou como um reserva nato. Se diz volante mas que adora jogar como meia-incompleto. Não orienta, não chama jogo, não faz o time jogar para frente. Pega a bola, anda alguns metros, pedala, e toca de lado. Pra quê? Ele precisa reciclar seu futebol na europa…

É normal que os recém contratados queiram mostrar serviço e às vezes descambam para a fome. Aí é com Ricardo Gomes chamar a responsabilidade para si e ele decidir quem poderá ser titular da equipe. Dar ao jogador a responsabilidade de se auto-convocar dá nessas bobagens individualistas de querer aparecer mais que o outro.

JJ deu um baita elenco. Agora é o RG mostrar personalidade e “feeling” para escolher sua equipe.

Link permanente Deixe um comentário